"Renovado e focado", Lucas Lima se diz pronto para decolar no Santos

  • Ivan Storti/Santos FC

Três horas de sono e uma viagem de Manaus para Santos após ter ficado no banco da Seleção Brasileira. Nada disso derrubou Lucas Lima, que chegou às 8h da última quarta-feira no CT Rei Pelé para treinar e dizer pessoalmente ao técnico Dorival Júnior que está pronto para encarar o Internacional, nesta quinta, às 21h, no Beira-Rio, pela 23ª rodada do Brasileirão.

A partida desta quinta é importante para o meia por diversos motivos. Além de ser a primeira com a camisa 10, que herdou após a negociação de Gabigol com a Inter de Milão (ITA), ele não terá mais nenhum fator externo para atrapalhar.

Até então, o maestro convivia com dores na panturrilha esquerda e com a possibilidade de se transferir para a Europa ainda nesta temporada. No momento de enfim decolar no torneio, ele quer alçar voo junto com o Santos no Brasileiro.

"Tenho certeza que é o momento da nossa equipe voltar a vencer, ter regularidade e sequência de vitórias. O campeonato está aberto e creio que será decidido no fim. Foco total no Brasileiro para ficarmos no topo da tabela até o fim do campeonato", disse, acreditando em uma vitória em Porto Alegre, e em outra contra o Corinthians, no próximo domingo, na Vila Belmiro.

Entre o gol contra o São Paulo, pelo Brasileirão, no Pacaembu, e diante do Vasco, pelas oitavas da Copa do Brasil, na Vila Belmiro, o principal armador do time ficou 12 jogos sem participar ativamente dos gols em seu período mais crítico do ano, quando teve que fazer recondicionamento muscular.

No campo onde começou a ter projeção para o futebol nacional, quando ainda atuava pelo Internacional B, Lucas Lima pretende aproveitar a má fase do Colorado para ditar o ritmo em que planeja ver o Santos até o fim do ano. Para isso, terá que voltar a brigar para ser o maior líder de assistências do time no Brasileiro, posto perdido para o colombiano Copete, que tem quatro passes para gols.

"Vai ser jogo difícil, jogar lá nunca é fácil, independentemente da situação. Time que quer brigar por Libertadores e ser campeão tem que se impor fora de casa, para depois pensarmos no Corinthians, que também será difícil na nossa casa", pontua, empolgado como se fosse seu primeiro jogo com a camisa do Santos.

Dentro ou fora do Alçapão, como diz o hino não oficial, está na hora de Lucas Lima arrancar no Campeonato Brasileiro. Resta ao Santos entrar no mesmo ritmo do meia.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos