Fifa inicia investigação por salários e bônus pagos a Blatter e Valcke

Em comunicado divulgado nesta sexta-feira, a Fifa informou que abriu processo formal contra o ex-presidente Joseph Blatter, o ex-secretário-geral Jérôme Valcke e do ex-diretor de finanças Marcus Kattner. Ao todo, são investigados por cinco violações ao Código de Ética, incluindo corrupção e suborno, relacionadas a salários e bônus, já que teriam pago a si mesmos bônus de milhares de dólares.

- A Câmara de Investigação irá investigar possíveis violações dos artigos 13 (código geral de conduta), 15 (lealdade), 19 (conflito de interesses), 20 (oferta e aceitação de presentes e outros benefícios) e 21 (propina e corrupção) do Código de Ética da Fifa, no contexto de salários e bônus pagos aos Srs. Blatter, Valcke e Kattner, além de outras provisões incluídas no contrato destes três indivíduos - informa o comunicado.

Demitido em junho da Fifa, Kattner também é investigado por violação do artigo 16, no tocante à quebra de confidencialidade.

Blatter e Valcke foram banidos do esporte pelo Comitê de Ética da Fifa, além de serem investigados pela Justiça da Suíça por crimes de ordem financeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos