Após negar oferta da Itália, Palmeiras prolonga vínculo com Vitor Hugo

Depois de recusar a proposta da Fiorentina por Vitor Hugo, o Palmeiras prolongou o vínculo com o zagueiro por mais um ano. Antes, o contrato com o camisa 4 venceria em agosto de 2020; agora, é válido até 25 de julho de 2021. A informação foi publica pelo Uol e confirmada pelo LANCE!.

O zagueiro recebeu um aumento salarial com a mudança no contrato, e consequentemente a multa para times do Brasil também cresceu. O valor para negociá-lo com equipes do exterior, contudo, segue o mesmo do antigo vínculo: 30 milhões de euros (R$ 110 milhões).

Esta reestruturação ocorreu em julho, quando o time italiano ofereceu 7 milhões de euros (R$ 25 milhões) para contratá-lo. O Palmeiras recusou a investida, assim como fez com Róger Guedes, que estava na mira do Spartak Moscou (RUS), e com Dudu, que foi sondado por um clube da China.

Contratado no início de 2015, Vitor é o jogador que mais entrou em campo no ano pelo Verdão: 46 vezes em 2016, e 104 desde que chegou. Autor de 13 gols pelo clube, está próximo do top-10 de zagueiros artilheiros do Palmeiras.

O Verdão é dono de metade dos direitos econômicos do defensor de 25 anos. E em uma futura venda terá de repassar R$ 6 milhões à Crefisa, que aportou este valor para ajudar o clube a comprar estes 50% do atleta no ano passado.Os outros 50% dos direitos pertencem a clubes menores, como a Tombense-MG.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos