Barça recebe o Celtic com a defesa modificada e indefinição sobre Messi

  • Manu Fernandez/AP

No sábado passado, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol, o Barcelona entrou em campo de salto alto e foi derrotado pelo Alavés por 2 a 1. Nesta terça-feira, às 15h45 (horário de Brasília), no mesmo local, pela primeira rodada do Grupo C da Liga dos Campeões da Europa, o time catalão recebe o Celtic para provar ao torcedor que o ocorrido no fim de semana não passa de um acidente de percurso.

Sem a desculpa de poupar os craques por conta do cansaço de viagens com as seleções, o Barcelona será pressionado a colocar a força máxima no ataque, com Messi, Suárez e Neymar desde o início, ao contrário do último jogo, quando os dois primeiros craques começaram no banco de reservas. No caso do argentino, ainda existe um ponto de interrogação. O hermano está com dores no púbis desde a semana passada.

Em relação ao tropeço contra os bascos, Luis Enrique deve promover sete mudanças. Destaque para a cozinha: todos os que participaram da trágica jornada de sábado serão substitutos para o técnico Luis Enrique corrigir as fragilidades defensivas. Saem Aleix Vidal, Mascherano, Mathieu e Digne. Entram Sergi Roberto, Piqué, Umtiti e Jordi Alba.

O Barça sabe que a Liga dos Campeões da Europa não dá espaços nem tempo para muita experimentação. É hora de voltar com um time mais "cascudo" e sem invenções.

"Ganhamos tudo em 2015 e queremos repetir aquela campanha. O time está muita sede de vitórias. É bom competir em alto nível a cada três dias. É uma vantagem, pois quanto mais trabalhamos, mais estamos bem fisicamente", pontuou o lateral-esquerdo Jordi Alba, uma das novidades da equipe.

O Celtic chega ao Camp Nou com a corda toda, afinal, o time goleou o arquirrival Rangers por 5 a 1, na última rodada do Campeonato Escocês. Comandada pelo Brendon Rodgers, ex-Liverpool, a equipe traz ao Barça o atacante Moussa Dembélé como principal dor de cabeça. Ele anotou três gols no dérbi de sábado e certamente demandará uma atenção maior.

Quem também está em alta é o Manchester City, que bateu o Manchester United por 2 a 1, no último sábado, no primeiro dérbi da temporada. No complemento do Grupo C, os Citizens recebem o Borussia Mönchengladbach, no Ethiad Stadium. Mesmo com 100% de aproveitamento no Campeonato Inglês, o técnico Pep Guardiola afirma que ainda é preciso aprimorar muitos fundamentos para tornar o time favorito ao título nas duas frentes.

"Gostaria de garantir ao nosso público que não fizemos o suficiente para ganhar a Premier League e a Champions. Estamos contentes com os resultados, mas teremos que melhorar muito", disse o exigente técnico do Manchester City, que conhece bem o rival desta terça-feira desde os tempos de Bayern de Munique.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos