Mesmo em crise, SP ultrapassa 110 mil sócios e encosta no 3º colocado

  • Ricardo Matsukawa/UOL

    Libertadores 2016 impulsionou torcedores do São Paulo a entrar no programa Sócio Torcedor

    Libertadores 2016 impulsionou torcedores do São Paulo a entrar no programa Sócio Torcedor

O São Paulo rompeu mais uma marca significativa no crescimento do programa de sócio-torcedor nesta temporada. O clube é o que mais ganhou adesões neste ano e agora ultrapassou a marca 110 mil associados. Assim, ficou a pouco menos de três mil integrantes de tomar o terceiro lugar no Brasil, ocupado pelo Internacional.

Segundo atualização publicada na tarde desta segunda-feira do Torcedômetro, o ranking do Movimento Por um Futebol Melhor, o clube paulista atingiu 110.014 sócios. O Inter aparece logo acima com 112.756, enquanto o Palmeiras, com 126.635, caça o líder Corinthians (129.885). O quinto colocado é o Grêmio, que soma 96.513 associados.

Desde a reformulação do programa ST, no segundo semestre do ano passado, o São Paulo viu a procura por carteirinhas disparar. A alta procura por ingressos na campanha da Copa Libertadores da América também impulsionou os tricolores, que diminuíram o ritmo de crescimento, mas segue com a maior ascensão de 2016: 29.438 novos sócios neste, com média de 80 por dia.

O segundo que mais cresce na temporada é o Coritiba, que inaugurou seu programa recentemente e já ocupa a 13ª posição no Torcedômetro. No São Paulo, os atrativos agora são os preços reduzidos para ingressos no Campeonato Brasileiro e o sistema de fidelização dos sócios.

Para o duelo de quinta-feira, às 21h, contra o Cruzeiro, o clube já tem ingressos à venda para sócios, com preços de R$ 1 a R$ 120.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos