Colunistas e blogueiros do LANCE! apontam o que esperam da decisão desta quarta

Palmeiras e Flamengo fazem nesta quarta-feira o que para muitos está sendo chamada de final antecipada do Campeonato Brasileiro, mesmo com a competição chegando somente a sua 25ª rodada. O Verdão lidera com 47 pontos, apenas um a mais do que o Rubro-Negro. Portanto, a disputa vale a ponta da tabela de classificação em um momento que as equipes começam a definir pelo que brigarão.

O Palmeiras vem de um empate sem gols com o Grêmio, no Rio Grande do Sul. Já o Flamengo bateu o Vitória, de virada, por 2 a 1, na Bahia. Para tentar decifrar um pouco do que poderá acontecer na capital paulista nesta quarta-feira, o LANCE! ouviu seu time de blogueiros e editores. Acompanhe o que cada um falou:

JOÃO CARLOS ASSUMPÇÃO (Colunista do LANCE!)

- Acho que o jogo pode ser visto como uma decisão antecipada do campeonato, principalmente para o lado do Palmeiras. Continuo achando o Verdão favorito ao título e o Flamengo, apesar de ter crescido muito com Zé Ricardo, não sei se, ganhando no Allianz Parque, consegue se manter na ponta até o final do torneio. Até porque tem um elenco mais limitado e um time mais instável, a meu ver. E pode, mais para a frente, ser ultrapassado de novo pelo Palmeiras.

Acredito, no entanto, que o campeão do Brasileirão será um dos dois. Ou Palmeiras ou Flamengo, com muito mais chance para o primeiro, que tem jogado um futebol mais bonito, conta com o craque do campeonato, Gabriel Jesus, e tem surpreendido com um estilo ousado e arisco fora de casa.

Atlético-MG e Corinthians, que fecham o G-4, não acho que tenham condições de chegar à liderança e ao título, embora matematicamente, claro, estejam na briga. Tampouco o Santos, que no máximo briga pelo G-4, assim como o Fluminense.

LUIZ AUGUSTO VELOSO (Blogueiro do LANCE!)

- O Palmeiras tem uma campanha mais regular, mas o Flamengo chega ao jogo mais embalado. Nas últimas 10 partidas, ou seja, dos 30 últimos pontos disputados, o Flamengo conquistou 23 enquanto o Palmeiras somou 18. O Palmeiras fez 10 gols a mais que o Flamengo até aqui, mas provavelmente jogará sem o espetacular Gabriel Jesus, maior revelação recente do futebol brasileiro, e vice-artilheiro da competição. As defesas se equivalem: a do Palmeiras levou 23 gols e a do Flamengo 24.

O Palmeiras é o melhor mandante até aqui: somou 29 dos 36 que estiveram em jogo. Por outro lado, o Flamengo é o melhor visitante: conquistou 20 dos 36 disputados.

Jogo imprevisível. Importante do ponto de vista psicológico se houver vencedor, mas longe de absolutamente decisivo para a definição do título. Restarão ainda 14 jogos ou 42 pontos para serem disputados.

CARLOS ALBERTO VIEIRA (Editor do LANCE!)

- O jogo não pode ser considerado uma decisão, pois ainda faltam muitas rodadas. Mas evidentemente direcionará a reta final do título por isso a sua grande importância. Quem vencer o jogo passa a ser definitivamente o adversário a ser batido e o empate deverá evitar a polarização, pois provavelmente veremos Atlético e Corinthians fazendo uma oportuna aproximação.

Sobre o jogo, está em aberto. O Palmeiras tem o fator casa e sua campanha no Allianz é fenomenal. Mas Gabriel Jesus pode não jogar e esse desfalque pesa muito, embora considere que ainda tenha um leve favoritismo. Já o Flamengo está em um momento de alta, com resultados relevantes e um moral que há muitos anos não se v~e pelas bandas da Gávea

A rodada na verdade é mais decisiva para Santos e Grêmio. Ambos têm, jogos duríssimos e podem encerrar a rodada muito atras, praticamente saindo da briga pelo caneco.

VINÍCIUS PERAZZINI (Editor do LANCE!)

- Palmeiras e Flamengo têm times e elencos de grande qualidade. Merecidamente, chegaram neste jogo como primeiros colocados do Brasileirão. Mesmo sem Gabriel Jesus, que não deverá jogar por lesão, acredito que o Palmeiras conta com ligeira vantagem no duelo, por estar atuando diante de sua torcida. Sem dúvidas, será um jogo de alto nível técnico.

ALEX SABINO (Editor do LANCE!)

- Espero que as duas equipes justifiquem as posições que ocupam na tabela do Brasileiro. O momento é do Flamengo, mas o Palmeiras sabe, desde o ano passado, transformar seu estádio em um caldeirão.

EDUARDO MANSELL (Editor do LANCE!)

- Não trato a partida como uma decisão, pois para mim a competição está em aberto. Caso aconteça um empate, por exemplo, o que não é nenhum absurdo, o Atlético-MG, ganhando na rodada, volta a brigar, por exemplo. Especificamente em relação ao jogo, vejo o momento do Flamengo melhor, pois vem de vitória, enquanto que o Palmeiras não terá a sua principal estrela, Gabriel Jesus.

MARIO MARRA (Colunista do LANCE!)

- O melhor momento, pra mim, é do Flamengo. O Rubro-Negro vive um momento mágico, de fazer o gol na hora certa, se superar, do encaixe do Diego ter dado certo, a defesa vacila menos do que antes, Fernandinho, sempre questionado, decidiu jogos importantes.

O Palmeiras é muito forte em casa, acho até que já foi mais forte. Antes resolvia os jogos com 20 minutos. Percebo que o Verdão está encarando muito como decisão. Os jogadores tem falado muito sobre isso. Era algo que o Cuca já tinha jogado a ideia desde o Campeonato Paulista, de que eles iriam lutar pelo Brasileiro.

Acho que eles já estão percebendo que isso pode ser real. Isso igualaria um pouco a partida. Sem isso, o Flamengo, mesmo fora de casa, seria favorito. O bom momento do Fla e a motivação do Palmeiras torna o jogo menos decifrável antes da hora.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos