Botafogo procura, mas Dorival veta saída de lateral reserva do Santos

  • Divulgação/Santos FC

Ainda à procura de um lateral direito após a lesão de Luis Ricardo, que tem previsão de retorno aos gramados apenas para o ano que vem, o Botafogo tentou o empréstimo de uma temporada do jovem Daniel Guedes, atualmente reserva do Santos.

O negócio, porém, foi brecado pelo técnico Dorival Júnior. O treinador alvinegro já havia vetado a saída de Daniel para o Napoli, da Itália, com o argumento de ele ser a única peça de reposição para o titular Victor Ferraz. A justificativa desta vez foi a mesma, e o Santos disse "não".

O estafe do atleta, entretanto, não gostou da definição. Daniel Guedes pediu para ser liberado pois não vem recebendo muitas oportunidades, mas Dorival garantiu que as chances apareceriam. Na vitória sobre o próprio Botafogo, no entanto, Victor Ferraz saiu de campo passando mal e quem entrou foi Caju, reserva da lateral esquerda, fato que irritou os representantes do atleta.

Preocupado com o futuro da posição, já que o titular Luis Ricardo sofreu séria lesão e só volta em 2017, o Botafogo ainda tenta uma última cartada por um lateral direito que não tenha completado sete jogos na Série A ou de divisões inferiores do futebol brasileiro.

Como o prazo de inscrição de jogadores para o Brasileirão se encerra na próxima quinta-feira, a tendência é de que o técnico Jair Ventura não ganhe reforços para a sequência da competição. O treinador, aliás, tem improvisado o zagueiro Emerson na função.

O lateral Cametá, do Ceará, também foi alvo da diretoria, mas o negócio não aconteceu porque as partes não se acertaram com o repasse de Victor Luis, titular da lateral esquerda do Botafogo.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos