Elogiado por empenho no São Paulo, Bruno precisa reagir mais uma vez

  • AP Photo/Juan Karita

Se o agora diretor-executivo Marco Aurélio Cunha falava em tirar os "cansados" do elenco do São Paulo, a definição certamente não se aplica ao lateral direito Bruno. Na comissão técnica e na diretoria, a avaliação é de que o camisa 2 é exemplo de postura no trabalho diário no CT da Barra Funda e de como um atleta deve reagir ao perder posição na equipe titular.

Com seis assistências na temporada, o ala é um dos jogadores mais regulares da equipe, mas agora sofre para se manter na equipe titular. Primeiro, ficou suspenso por acúmulo de cartões amarelos justamente na semana em que Buffarini ficou à disposição de Edgardo Bauza. O argentino sentiu o período de adaptação, perdeu o posto para Bruno, que então sofreu lesão muscular. No último domingo, contra o Figueirense, o argentino teve grande desempenho.

"Fiquei afastado quase duas semanas e isso para qualquer jogador é muito ruim. Sempre queremos estar à disposição do treinador para ajudar a equipe e agora o momento chegou de novo. Me sinto 100% e, com muito trabalho e dedicação, vou voltar a brigar pelo meu espaço", avisou.

No período em que Buffarini tomou a condição de titular, a comissão técnica do São Paulo temia que Bruno se abatesse. Afinal, era um baque grande para uma das peças mais consistentes do Tricolor no ano. A resposta, no entanto, foi totalmente oposta. O lateral passou a ser destaque nos treinos. Em 2016, por exemplo, o meia Daniel viveu situação semelhante e demorou para reagir e só agora começa a ganhar novas chances com Ricardo Gomes.

"Ganhamos do Figueirense na última rodada e temos que manter a pegada para fazer um grande jogo contra o Cruzeiro nesta quinta-feira. O São Paulo é um time de camisa muito pesada e temos que engrenar para brigar por coisas maiores no campeonato", disse Bruno, que será reserva no jogo das 21h no Morumbi, válido pela 25ª rodada do Brasileirão.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos