Gustavo Scarpa lamenta postura do Fluminense: 'Deixamos eles jogarem'

Foi quase que consenso: o Fluminense fez um bom primeiro tempo, nesta quinta-feira, embora tenha traduzido a superioridade apenas em um gol. Porém, a mesma impressão de domínio inicial entendeu que a segunda etapa tricolor diante da Chapecoense deixou muito a desejar. O meia Gustavo Scarpa, por exemplo, entende que foi o time da casa que permitiu o crescimento do rival no jogo.

- Deixamos eles jogarem. Mudamos o estilo de jogo e deu errado. Nós sabemos que o time da Chapecoense é chato e aconteceu de novo a derrota. Nós somos profissionais, jogadores rodados, temos que tentar nos colocar bem independentemente do esquema tático. Não deu certo. Fazer o quê? Não podemos abaixar a cabeça. Agora temos que pensar no Grêmio, na partida de domingo, para buscarmos um resultado positivo - analisa.

A torcida do Fluminense criticou muito não o time, mas o técnico Levir Culpi após o fim do jogo. Apesar do time desejado pela torcida, as substituições que mexeram no desempenho não surtiram efeito.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos