Rodrigo Caio vibra com nova fase do São Paulo: 'Esquecemos o individual'

Ao vencer o Cruzeiro por 1 a 0 na noite desta quinta-feira, o São Paulo abriu seis pontos para a zona de rebaixamento e começa a deixar no passado os problemas causados pela pressão da torcida. E para o zagueiro Rodrigo Caio esse crescimento pode ser explicado de maneira simples: união.

Um dos exemplos foi a comemoração do gol marcado por Wesley no Morumbi, na partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante, um dos agredidos na invasão de torcedores ao CT da Barra Funda, foi saudado por todos os reservas, boa parte dos titulares e da comissão técnica.

- Todos estão correndo juntos, um pelo outro e esquecendo o individual e pensando no coletivo. Um time forte não ganha só quando joga bem, mas também quando joga mal. Temos uma equipe para brigar mais em cima no campeonato, podemos crescer mais - opinou.

Enquanto a distância para a zona de degola aumenta, a para o G4 vai ficando menor. São oito pontos atrás do Santos, quarto colocado, mas para pensar em Libertadores é preciso manter a pegada e ainda alcançar feito inédito. O time paulista nunca venceu o Atlético-PR na Arena da Baixada.

- É importantíssima essa segunda vitória seguida, nos dá mais confiança. A gente vinha devendo, mas agora respira e começa a sonhar um pouco mais, com G4. A gente pode chegar lá em cima, tem que continuar no mesmo jeito, tem jogo importante domingo - disse, sobre o duelo com o Atlético-PR.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos