Como fica o time titular? Damião vai bem, mas Guerrero está à disposição

  • Divulgação/Site oficial do Flamengo

Guerrero ou Leandro Damião? Aquela dor de cabeça já esperada agora terá de ser resolvida pelo técnico José Ricardo Mannarino, o Zé Ricardo. O camisa 18 foi titular no Flamengo contra o Palmeiras e não fez gol, mas teve um papel tático importante, inclusive recebendo elogios. Por outro lado, Guerrero está novamente à disposição do treinador para o jogo deste domingo, contra o Figueirense, no Pacaembu. O peruano sofreu com uma gastroenterite no início da semana e, por isso, não participou dos treinos em campo na véspera do duelo no Allianz Arena.

Mesmo sem ser unanimidade entre a torcida, Guerrero segue como artilheiro do Flamengo no Campeonato Brasileiro, agora ao lado de Alan Patrick e Felipe Vizeu, com quatro gols, cada. Já Leandro Damião tem sete jogos e dois gols com a camisa rubro-negra.

Na entrevista coletiva após o jogo contra o Palmeiras, Zé Ricardo falou sobre a opção por escalar Damião.

"Guerrero ainda estava se recuperando, e Damião achávamos que seria importante na retenção de bola ofensiva e, principalmente, ajudando defensivamente. Ele fez um esforço muito grande, tanto na frente quanto atrás", disse o treinador rubro-negro.

Na terça-feira, véspera do jogo contra o Alviverde, o mesmo Zé Ricardo disse que não barrou Guerrero, que também não participou do jogo contra o Vitória, em Salvador. Naquela ocasião, o peruano não teve tempo para treinar na companhia dos titulares, já que estava voltando das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

"Não barramos o Guerrero, esperávamos poder contar com ele na sexta-feira de manhã por uma questão de logística. Optamos por manter o Leandro, dar uma sequência. Paolo é um dos principais atacantes do Brasil, contamos muito com ele", disse o treinador na ocasião.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos