Em sintonia com Marcos e Prass, Jailson estreia contra o Corinthians

  • Cesar Greco/Fotoarena

Antes de entrar em campo neste sábado, às 16h, para enfrentar o Corinthians, na Arena, em Itaquera, o palmeirense Jailson irá telefonar para avó, dona Nascife, e para a esposa, Mônica. Só então estará pronto para enfrentar pela primeira vez o maior rival do Palmeiras, em duelo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Novo xodó da torcida alviverde, o goleiro tem escutado os conselhos do ídolo e ex-goleiro Marcos para se destacar embaixo das traves e, quem sabe, fazer milagres como "santo" da torcida. Nas Copas Libertadores de 1999 e 2000, o ex-jogador se destacou em partidas decisivas contra o Corinthians e ganhou o apelido de São Marcos.

"Ele se inspira muito no Marcos e no (Fernando) Prass. Se aproximou do Marcos mais quando viemos para São Paulo, o contato aumentou. Eles conversam bastante " conta a jogadora de handebol Mônica, casada com o goleiro há seis anos.

No estádio onde Fernando Prass fez a alegria dos palmeirenses no ano passado, ao defender dois pênaltis e eliminar o rival na semifinal do Campeonato Paulista, Jailson fará seu nono jogo como titular do Palmeiras na temporada. Pela primeira vez disputando uma Série A de Campeonato Brasileiro, o camisa 49 tem a chance de alinhar ainda mais sua sintonia com a torcida alviverde.

Desde que entrou no time, o Verdão não perdeu: são sete jogos de invencibilidade no Brasileiro e um na Copa do Brasil. Com uma sequência de boas atuações na meta palmeirense, Jailson virou peça fundamental na equipe de Cuca. Confiante, o "Neguinho" de Mônica segue firme.

"É claro que ele fica naquela expectativa, né? Querendo que o jogo chegue logo. Esses dias esteve em Atibaia, nos falamos só por celular. É complicado, mas no fim vale a pena - completa a esposa, que pôde ficar com o goleiro apenas uma hora depois do jogo contra o Flamengo.

Jailson está blindado pela diretoria. Não dá entrevista coletiva e muito menos concede exclusivas. Fala apenas em zona mista. O Palmeiras não quer que nada interfira no momento vivido pelo goleiro. Afinal, se o destino resguardava a Jailson a chance de se firmar na equipe, que o desfecho da história seja tão bom quanto o junto a Mônica.

"Foi coisa do destino quando a gente se conheceu. Ele treinava no Guaratinguetá e eu jogava em São José dos Campos. O campo dele lá entrou em reforma, ele foi para Taubaté. O campo de Taubaté entrou em reforma e ele foi parar em São José. Fomos nos falando, falando...

E jogando, jogando... Jailson chega ao seu principal teste no Verdão neste sábado, em Itaquera, depois de oito jogos. Com a fé em Nossa Senhora inabalável, a avó e esposa por perto, cabe ao goleiro escrever mais uma página de sua história no Palmeiras, assim como fizeram Marcos e Prass.

'PÉ DE POBRE NÃO TEM NÚMERO'

Chuteiras de ex-lateral já ajudaram Jailson

Ex-jogador do Palmeiras, o volante e lateral direito Wendel já doou suas chuteiras para o goleiro Jailson. Os dois se conheceram em 1999, no Atlético Joseense, de São José dos Campos.

"Depois disso, nos encontramos na primeira divisão (do Campeonato Paulista). Jailson me pediu a camisa, disse que não teria como trocar comigo porque estava no Guaratinguetá, não tinha tanta camisa. Me pediu também a chuteira, porque eu tinha patrocínio na época e ganhava novos pares sempre", explica Wendel, e completa a história:

"Eu perguntava qual era o número dele e ele respondia: 'Baiano, eu calço do 36 ao 43 porque pé de pobre não tem número". Então, ele ou tirava a palmilha ou então colocava algodão, mas dava um jeito de usar. Todo jogo me ligava antes para pedir.

Contente pelo sucesso do amigo, Wendel hoje dá aulas, palestras e suporte financeiro a escolinhas em Mogi das Cruzes, cidade onde vive. Busca apoio político para um amigo que quer se tornar vereador e dar sequência ao projeto das escolinhas.

"Jailson merece demais. Um cara alegre, sempre foi do bem".

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos