Zé Love vibra com ótimo início no Vitória e admite: 'Me surpreendi muito com a minha adaptação'

O Vitória chega para este domingo com o "amor" em alta com o torcedor. Diante do Botafogo, no Barradão, a equipe baiana aposta em Zé Love para conseguir um relevante salto na tabela do Campeonato Brasileiro.

Em dois jogos com a camisa do Leão, o atacante marcou um gol e deu assistência para outro - este último, anotado pelo zagueiro Kanu, que ajudou num importante triunfo diante do Internacional, adversário direto na briga contra o rebaixamento, em Porto Alegre, na última quinta-feira.

Ao LANCE!, Zé Love se mostrou surpreso com a rápida adaptação ao clube rubro-negro, que o trouxe ao Brasil novamente, após passagem do jogador pelo Al-Shaab, dos Emirados Árabes Unidos.

- Minha adaptação foi muita rápida. Até eu mesmo me surpreendi muito. Estava treinando com um personal, mas o ritmo de jogo é completamente diferente. Me empenhei bastante na minha chegada, contei com o departamento técnico do Vitória, que me ajudou bastante - comentou, frisando também a paixão à primeira vista por Salvador:

- (Salvador) É um cidade boa de se morar, tempo bom. Sempre calor e eu, como era do interior de São Paulo, me sinto muito bem com essa temperatura. Me agrada bastante.

Aos 28 anos, Zé Love é um jogador que já rodou por diversos clubes no Brasil, além de ter passagens por Itália (Genoa e Robur Siena) e China (Shanghai Shenxin), e consequentemente foi comandado por outros tantos treinador. Abordado sobre o também recém-chegado Argel Fucks, o paulista de Promissão encheu a bola do técnico gaúcho.

- É aquele cara que joga junto, incendeia a equipe. Conversa bastante no dia a dia, passa muita confiança aos jogadores. É uma pessoa excelente, sabe como lidar com o jogador de futebol, principalmente por ele ter jogado também. Isso nos ajuda muito - analisou Zé.

Com Zé Love no ataque e Argel à beira do gramado, o Vitória recebe o Botafogo neste domingo, às 18h30 (de Brasília), pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Confira as respostas de Zé Love sobre outros temas:

Carreira

Momento mais marcante da minha carreira foi pelo Santos, na conquista da Libertadores (em 2011). É o maior sonho dos clubes brasileiros. Na minha primeira e única competição consegui levantar o caneco. Aquela equipe era maravilhosa e marcou.

Mundo árabe e decisão de voltar

Gostei muito de lá. Tive uma boa passagem pelo Al-Shaab, meus diretores me perguntam até hoje para saber como eu estou. Minha família também se adaptou muito bem. A decisão de voltar veio mais da minha mulher, que achou melhor que eu ficasse no Brasil pelo nosso filho de oito meses. E acabou sendo muito positivo, vim para o Vitória e as coisas começaram a acontecer muito rápidas, positivamente.

Identificação com Santos e Coritiba

Me identifiquei bastante com o Santos e Coritiba. Os torcedores desses clubes até hoje me mandam mensagens de carinho.

Vitória

Vitória é um grande equipe. Cheguei com um pouco de desconfiança e logo no primeiro jogo, em pleno Barradão lotado, acabei marcando um gol na estreia. Foi muito marcante. Meu carinho pelo torcedor do Vitória está grande e espero continuar assim. Estou muito feliz em Salvador. A torcida é apaixonada e maravilhosa.

Saudade da torcida brasileira

Sentia muita falta do calor do torcedor, da cobrança... saber que não pode perder, senão vai ser cobrado. O friozinho na barriga antes dos jogos voltou. A cobrança motiva o jogador de futebol. E o maior importante é a proximidade com a família.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos