Após três meses, PC Gusmão deixa comando de clube português

O técnico PC Gusmão não é mais o comandante do Marítimo da Madeira. Clube e treinador chegaram a um acordo nesta segunda-feira, após a derrota no fim de semana para o Nacional de Funchal. Em comunicado à imprensa, o clube agradeceu ao treinador brasileiro:

- O Marítimo da Madeira Futebol SAD informa que chegou a acordo com o treinador Paulo César Gusmão para a rescisão do contrato que unia as duas partes. Um acordo celebrado de forma digna, sem custos acrescidos para a instituição, e que revela o entendimento e profissionalismo máximo que sempre expressou o técnico quando ao serviço do Marítimo - dizia parte do comunicado, que ainda completava:

- Tendo sempre presente os superiores interesses do Marítimo da Madeira Futebol SAD, e atendendo aos resultados até ao momento verificados nesta temporada de 2016/2017, a Administração reconhece a falha da sua aposta, feita, obviamente, na perspectiva do melhor para as cores maritimistas. Ao prof. Paulo César Gusmão e ao seu 'adjunto' Jorge Soter registamos todo o profissionalismo evidenciado quando ao serviço do Marítimo da Madeira Futebol SAD e desejamos-lhes os maiores sucessos - concluiu o clube em nota.

Nesta temporada do Campeonato Português, o Marítimo da Madeira venceu apenas uma partida em cinco jogos disputados sob o comando de PC Gusmão. A equipe ainda é a penúltima colocada na tabela de classificação, com três pontos somados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos