Bravo fala sobre saída do Barcelona: 'Não queria ficar no banco'

A ida de Claudio Bravo para o Manchester City pegou muitos de surpresa. Ex-goleiro do Barcelona, o espanhol revelou que não poderia perder a oportunidade de trabalhar com Pep Guardiola, mas contou que sua decisão foi tomada principalmente porque não queria ficar no banco de reservas.

- Fui sincero. Não queria ficar sentado no banco de reservas. O Barcelona me ofereceu uma renovação de contato por mais quatro anos. Fui honesto. Não queria renovar para ficar no banco - disse o atleta em entrevista ao portal 'El Larguero'.

Bravo ainda comentou sua relação com Marc-André ter Stegen, atual arqueiro do Barcelona:

- Não fui embora por causa do Marc. Não é verdade. Nunca tivemos problemas. Nos beneficiamos pela nossa competência. No Barcelona, sempre me dediquei e tentei fazer tudo da melhor forma possível. Desde o primeiro dia lá, me trataram de forma maravilhosa, passei anos muito bons em todos os sentidos, mas era o momento de sair - concluiu o goleiro.

No Campeonato Inglês, Claduio Bravo estreou na quarta rodada da competição, diante do Manchester United. Na ocasião, os citizens venceram os rivais, fora de casa, pelo placar de 2 a 1.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos