Carille mantém esquema, mas muda Timão para decisão na Copa do Brasil

Fabio Carille começou o trabalho como treinador do Corinthians sem mistério, mas com algumas novidades: em treino aberto na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, o comandante confirmou cinco mudanças em relação ao time derrotado pelo Palmeiras no último fim de semana, pelo Brasileirão. Desta forma, saem do time Léo Príncipe, Vilson, Cristian, Lucca e Gustavo, por diferentes razões. Os substitutos são os seguintes no compromisso desta quarta, às 21h45, contra o Fluminense, pelas oitavas de final da Copa do Brasil: Fagner, Yago, Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel e Romero.

Léo Príncipe deixa o time porque Fagner cumpriu suspensão no fim de semana e agora retorna em outra competição e Gustavo foi sacado porque não está inscrito na Copa do Brasil - já defendeu o Criciúma na edição deste ano. Vilson, lesionado, não treinou em campo nesta semana e se recupera na parte interna do CT Joaquim Grava. Por fim, Cristian e Lucca deixam a equipe por opção do técnico Fabio Carille, que já realizou mudanças na equipe que vinha sendo utilizada por Cristóvão Borges, demitido no fim de semana. Na formação tática, porém, mantém-se o 4-1-4-1.

Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Guilherme Arana; Camacho; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Romero será a escalação do Corinthians contra o Fluminense, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Timão empatou em 1 a 1 no Rio de Janeiro e agora terá a missão de brigar pela vaga nas quartas na Arena Corinthians.

O Corinthians tem nove desfalques para o compromisso diante do Flu: Uendel, Vilson, Pedro Henrique, Bruno Paulo, Guilherme e Danilo, lesionados, além de Gustavo, Jean e Marciel, que não estão inscritos. Deles, apenas os três últimos treinaram nesta terça-feira, junto com o time reserva. Fabio Carille separou os 11 titulares e agregou alguns garotos da base como sparring do treinamento tático na véspera do jogo. O treinamento comandado pelo novo técnico foi bem parecido com o que costumava ser dirigido por Tite, mentor de Carille, com cobranças por triangulação e muitas orientações. Já no fim dos trabalhos, os jogadores realizaram uma atividade de bola parada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos