Na lanterna e sem nenhum ponto no Espanhol, Valencia demite técnico

Em crise, o Valencia demitiu nesta terça-feira o técnico Pako Ayestarán. O time perdeu os quatro jogos que disputou nesta edição do Campeonato Espanhol e está na última colocação na tabela, sem nenhum ponto.

Segundo a imprensa espanhola, dois nomes estão na mira dos Ches: o português os portugueses André Villas-Boas e Marco Silva. Ambos estão sem clube.

Nesta quinta-feira, contra o Alavés, pela quinta rodada do Espanhol, o auxiliar-técnico Voro González comanda o Valencia de forma interina.

Pako Ayestarán chegou ao Valencia em março deste ano, no lugar do inglês Gary Neville. Ele tinha contrato com o clube até 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos