Na Copa do BR, time alternativo do Botafogo busca milagre e titularidade

A missão é espinhosa. Vencer o Cruzeiro por quatro gols de diferença, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). O Botafogo não só sabe disso como alia o fato à prioridade de garantir a permanência na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Desta forma, a equipe que vai tentar avançar na Copa do Brasil terá prioritariamente jogadores que não vêm atuando nos últimos jogos. No entanto, Jair Ventura quer que os escolhidos da vez aproveitem a oportunidade e provoquem ao treinador a famosa "dor de cabeça boa".

- É uma oportunidade para eles (Leandrinho e Salgueiro), se os dois iniciaram. O jogador sempre que jogar. Se perguntar, é difícl se colocar na reserva. Quero ter aquela dúvida gostosa. Preciso que eles entrem e façam uma grande partida. Foi essa a minha orientação para que eles me mostrem que podem começar jogando sempre. Preciso dessa dúvida. Que eles possam fazer um grande jogo - espera.

Renan Fonseca volta a ter oportunidade contra o mesmo Cruzeiro contra quem ele não foi bem; Dierson segue no time, após atuar contra o Vitória; Além dos já citados Leandrinho e Salgueiro, Luis Henrique também deve começar jogando. Porém, a situação mais emblemática é a de Diego. O lateral-direito, que, em tese, teria espaço com a lesão de Luis Ricardo, viu Alemão ser contratado e o zagueiro Emerson se consolidar, atuando improvisado.

- Mais uma oportunidade. Ele jogou o clássico com o Fluminense e foi bem. Sofreu um pouco pela falta de ritmo. Diego é titular - cravou.

Victor Luís era reserva, mas vem sendo titular e está suspenso no jogo de sábado, pelo Brasileiro. Bruno Silva não jogou o último e Rodrigo Lindoso só no último jogo voltou de lesão. Por isso os três começam o duelo no Mineirão.

Se vencer por 5 a 2, a decisão da vaga nas quartas vai para os pênaltis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos