Cícero é mais um a detonar árbitro, mas elogia postura do Fluminense

O experiente volante Cícero foi mais um jogador a criticar a atuação do trio de arbitragem no jogo do Fluminense e Corinthians, que terminou com a vitória do clube paulista por 1 a 0 e resultou na eliminação do Flu da Copa do Brasil.

Envolvido em um dos lances em que o Fluminense reclamou de pênalti, que não foi marcado pelo árbitro Rodolpho Toski Marques, o camisa 7 do Tricolor afirmou que as decisões do juiz foram influenciadas pelo fator casa na Arena.

- Não serve como desculpa. A equipe estava se comportando bem, mas foram dois pênaltis claro que ele não deu. O último ele não deu por causa da pressão da torcida. Por isso falo que aqui no Brasil, quando a gente vai jogar fora de casa, acontece isso. Pode ser com a gente em Edson Passos, pode ser com Corinthians na Arena, São Paulo no Morumbi... Os juízes caem na pressão do mando do adversário. Foram dois pênaltis que ele não deu porque estava aqui no Itaquerão. É uma palhaçada, é sempre assim aqui, só com o Corinthians.

No domingo, desta vez pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Tricolor volta a enfrentar o Corinthians na Arena. A bola rola em São Paulo a partir das 16h. Com 40 pontos, o Fluminense ainda está na briga pelo G4 da competição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos