Punido, Gustavo Henrique quer efeito suspensivo para encarar o Sport

A derrota para o Internacional na 23ª rodada já foi digerida pelo Santos e inclusive serviu de motivação para o time se reerguer na competição. Mas as consequências da arbitragem de Rodrigo Raposo ainda abalam o Peixe.

Em julgamento nesta quarta-feira no STJD, Gustavo Henrique, Lucas Lima, Dorival Júnior e o presidente Modesto Roma Júnior foram punidos. O zagueiro, mesmo tendo recebido apenas cartão amarelo na ocasião, foi punido com dois jogos de suspensão a serem cumpridos já a partir da próxima rodada.

Entretanto, o departamento jurídico do clube entrará com efeito suspensivo para que Gustavo Henrique esteja à disposição do clube no jogo deste sábado, contra o Sport, na Ilha do Retiro. O zagueiro reclamou da decisão do Tribunal e disse acreditar no efeito suspensivo.

- É complicado a gente falar. Mas acreditamos em efeito suspensivo. Particularmente não tenho nada disso no passado. Na hora falamos o que não queremos. Esperamos conseguir esse recurso. Não foi na maldade e queremos Justiça feita. Quem errou não fomos nós, foi o árbitro - disse.

O camisa 6 santista ainda citou seu passado "limpo" nos tribunais para justificar o recurso e classificou a punição imposta como "injusta".

- É injusta, claro. Não tenho críticas no meu passado, não sou maldoso. Fui expulso duas vezes. Estou totalmente focado no jogo e quero jogar, sim - bradou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos