Calça da sorte? Cuca dá risada de nova 'superstição' no Palmeiras

Conhecido por ser uma pessoa supersticiosa, Cuca levou na brincadeira quando perguntado sobre a sua nova peça da "sorte". Desde o jogo contra a Chapecoense, o técnico do Palmeiras veste uma calça vinho, e com ela está invicto. Só não a usou em duas ocasiões: o empate com a Ponte Preta no Allianz Parque e a derrota para o Botafogo-PB, nessa quarta-feira.

Neste intervalo, são seis vitórias e três empates. A calça vinho substituiu a calça verde que Cuca vinha usando até a derrota para o Atlético-MG, ainda no primeiro turno. Na Paraíba, o técnico estava de jeans e não usou nem o seu relógio verde, comprado após acertar, em março.

- É verdade! Está vendo? Depois vocês falam que não ajuda! Foi bom você ver. Depois eu volto com a (calça) vermelhinha, o relógio verde e vocês vão ver uma coisa (risos) - disse.

Desde que chegou, o treinador tem tratado com bom humor as perguntas sobre suas superstições. Na Libertadores que venceu pelo Atlético-MG, Cuca usava uma camisa com a imagem de Nossa Senhora da Aparecida. Naquele caso, porém, ele diz que não era superstição, mas fé.

- Eu me divirto com isso. Podem falar. Comentam da ré no ônibus, de usar a mesma camisa, do coração de boi no vestiário. Não tem problema. Alguma coisinha tem. Mas não é tudo isso. Quem não tem? É só ganhar um jogo e ver se vou trocar de camisa (risos) - brincou na sua apresentação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos