Técnico da seleção venezuelana é acusado de agressão

A seleção venezuelana desembarcará no Uruguai daqui a duas semanas para tentar melhorar sua condição nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. Antes da chegada à região do Prata, uma polêmica veio à tona. O técnico da Vinho Tinto, Rafael Dudamel, teria agredido um funcionário da própria delegação.

Um dos responsáveis pela logística da Venezuela, o colombiano Jairo Alberto Arciniegas assegurou que levou um soco do treinador. Ele apareceu com o olho esquerdo roxo, em entrevista ao programa policial "Subrayado", de uma emissora uruguaia. O funcionário deu queixa na polícia.

Arciniegas, em contrapartida, admite que também tentou agredir Dudamemel. Segundo ele, os dois bateram boca no lobby do Hotel Hyatt, em Montevidéu.

A Venezuela é a lanterna das Eliminatórias, com apenas dois pontos. A seleção enfrenta o Uruguai no dia 6 de outubro, em Montevidéu, e o Brasil, no dia 11 do mesmo mês, em Mérida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos