Aguardando liberação no STJD, Peixe pode repetir escalação após 16 jogos

O Santos tem sofrido constantemente com a mutação. Seja por lesão, suspensão, negociação ou até convocações para a Seleção Brasileira, o técnico Dorival Júnior tem dado diversas identidades ao Peixe, que luta para se manter no G4 e sonha até com o título brasileiro.

Após sequência de quatro jogos consecutivos com o mesmo time durante o primeiro turno (jogos contra São Paulo, Grêmio, Chapecoense e Palmeiras), veio a atual sequência. Após 16 jogos passados após o empate em 1 a 1 com o Verdão no Allianz, o Peixe pode voltar a ter o mesmo time em campo neste sábado, diante do Sport, na Ilha do Retiro

Mas a escalação formada por Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Rodrigão, utilizada contra o Vasco, será repetida apenas com aval do STJD.

Gustavo Henrique e Dorival Júnior foram punidos com dois jogos de suspensão por declarações contra a arbitragem de Rodrigo Batista Raposo, que expulsou Lucas Lima na derrota para o Internacional, no Beira-Rio. O Santos, contudo, entrou com recurso no tribunal e pediu efeito suspensivo para que ambos estejam liberados para o duelo deste sábado.

Caso o pedido seja negado, David Braz entrará na defesa ao lado de Luiz Felipe e, consequentemente, este será o 17º consecutivo que o Santos terá alterações na escalação em relação à partida anterior.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos