Com promessa de casa cheia, Chapecoense recebe Independiente

Em 2015, a Chapecoense cruzou com o argentino River Plate nas quartas-de-final da Copa Sul-Americana, mas acabou eliminada. Não importa. A Chape já tinha feito história. Neste ano, mais uma vez, um argentino está no caminho do Verdão do Oeste: o Independiente, de Avellaneda, pela partida de volta das oitavas-de-final. No primeiro jogo, na Argentina, a Chape segurou um zero a zero. Caso avance de fase, a história será, pelo menos, repetida.

Como uma simples vitória classifica os catarinenses, a diretora não perdeu tempo e utilizou as redes sociais para convocar o torcedor. A expectativa é de casa cheia. Empate com gols classifica os argentinos, que terão feitos mais gols fora de casa. Novo empate em zero a zero leva a disputa para os pênaltis.

Já o Independiente conta com o retorno de um de seus principais jogadores, o atacante Germán Denis. Sem ele, os Diabos passaram em branco na primeira partida. Ele foi cortado minutos antes do jogo de ida, na última quarta-feira, com um pequeno problema lombar. O meia Maximiliano Meza também recuperou-se de lesão e é uma opção para o técnico Gabriel Milito.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos