Justiça de São Paulo bloqueia contas de 12 invasores do CT da Barra Funda

Em 27 de agosto, torcedores do São Paulo que protestavam em frente ao CT da Barra Funda invadiram o local para cobrar o elenco após derrota para o Juventude pela Copa do Brasil e chegaram a agredir três jogadores. Passado um mês do episódio, a Justiça paulista tomou decisão inédita no futebol brasileiro e bloqueou até as contas bancárias de 12 dos invasores.

A informação foi publicada pelo site da ESPN, horas depois da determinação do juiz Ulisses Augusto Pascolati Júnior ser oficializada na última segunda-feira. Além das contas, foram bloqueados veículos dos acusados, que terão de pagar pelos prejuízos do CT (que teve itens roubados e o portão danificado) e estão proibidos de deixar a capital paulista e chegar perto das instalações do clube.

Os 12 indiciados pertencem às torcidas organizadas Tricolor Independente e Dragões da Real. Segundo a ESPN, são eles: Henrique "Baby" Gomes de Lima (presidente da Independente); Ricardo "Negão" Barboza Alves Maia, Alessandro "Batata" Oliveira Santana; Genildo "Pitcha" da Silva, Allan "Neguinho" Aquino de Souza; Bruno "He Man" Silva Arcanjo, Gerson "Gersinho" de Azevedo; Cristovam "Nego Trança" Américo Alves; Roberto Rebouças, Wallace "Neguinho" Nascimento, Lucas Carvalho da Silva e André da Silva Azevedo.

O grupo precisa ainda se apresentar a um quartel do Corpo de Bombeiros duas horas antes do início de qualquer partida do São Paulo, mesmo as disputadas fora de casa e até no exterior. A saída só será permitida depois de 30 minutos do fim das partidas. Contatos e relações com "qualquer funcionário, jogador ou dirigente do São Paulo Futebol Clube" também estão proibidos.

A determinação foi elogiada pelo promotor Paulo Castilho, que comanda o Juizado Especial Criminal e o Juizado do Torcedor de São Paulo.

- Ela não tem precedente no Brasil. É uma punição implacável porque ataca o bolso destes dirigentes de torcida. Centenas de torcedores já foram processados, afastados dos estádios , condenados ou presos neste ano. Essas medidas, aliadas à outras como a venda on-line de ingressos , têm afetado o bolso das torcidas e diminuído a importância delas . Ou as torcidas organizadas se adequam ou vão afundar até à insignificância - destacou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos