Chavez retorna em coletivo secreto de Ricardo Gomes no São Paulo

  • Eduardo Knapp/Folhapress

O São Paulo começa a ganhar forma para encarar o Flamengo, às 16h de sábado, no Morumbi. Mas, por enquanto, a provável escalação para o duelo da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro está mantida em segredo pelo técnico Ricardo Gomes. Nesta quarta-feira, pela manhã, o comandante aplicou treino coletivo no CT da Barra Funda com portões fechados.

Diferentemente do que era feito por Edgardo Bauza, que divulgava o time mesmo quando não permitia a presença de jornalistas nas atividades, Ricardo deixa a formação em segredo. E o clube divulga apenas que o trabalho desta manhã foi dividido em pequenos tempos de 15 minutos para testar jogadas e compensar o calor da capital paulista.

Sem mistério também foi o retorno de Andres Chavez. Na última terça-feira, o argentino deixou o treino mais cedo devido a dores na panturrilha esquerda, mas foi liberado pelo departamento médico para retomar a programação normal ao lado de todo elenco. Jean Carlos, Michel Bastos e Kelvin, também recuperados de problemas físicos, treinaram mais uma vez com o grupo.

Uma possível novidade entre os relacionados para encarar o Flamengo é o volante Wellington, fora de combate desde abril devido a grave lesão no joelho direito. Quando foi integrado ao elenco, após liberação dos fisioterapeutas, estimava-se 15 dias para que Ricardo Gomes pudesse utilizá-lo, prazo atingido nesta semana. Antes da lesão, o marcador deixou de jogar por doping.

Sem suspensos, o São Paulo só precisará ter atenção diante dos cariocas com a recheada lista de pendurados com dois cartões amarelos: Lyanco, Hudson, Kelvin, Cueva, Chavez, Lugano, Carlinhos, Wesley e Maicon (lesionado, retorna em mais duas semanas aos treinos).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos