McGregor contraria Dana e diz que não pretende abrir mão de cinturão

Presidente do UFC, Dana White declarou recentemente que o campeão dos penas Conor McGregor terá que abrir mão de um cinturão, caso derrote Eddie Alvarez em evento que acontece no dia 12 de novembro, em Nova York, em luta válida pelo título dos leves.

No entanto, durante uma coletiva para promover o UFC 205, realizada na última terça-feira (27), em Nova York, o irlandês parece não ter dado a mínima para a declaração de Dana White.

- Vou colocar um cinturão neste ombro, um no outro e a partir daí vão precisar de um exército para tirar um deles de mim - garantiu Conor, que mais uma vez roubou a cena na coletiva e não deixou praticamente ninguém falar.

McGregor conquistou o cinturão dos penas em dezembro do ano passado ao nocautear José Aldo em apenas 13 segundos. Desde então, o irlandês não fez uma defesa de título, mas lutou duas vezes na categoria dos meio-médios contra Nate Diaz, amargando uma derrota por finalização no primeiro encontro e uma vitória por pontos no segundo combate, em agosto deste ano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos