Time da Inglaterra faz proposta para tirar garoto de 18 anos do São Paulo

  • Jan Kruger/Getty Images

    Watford, do goleiro Gomes, está interessado no atacante Paulo Henrique, do sub-20 do São Paulo

    Watford, do goleiro Gomes, está interessado no atacante Paulo Henrique, do sub-20 do São Paulo

Desde a semana passada, o São Paulo trabalha nos bastidores para resolver a situação do garoto Paulo Henrique, do sub-20. O atacante tem proposta do Watford (ING), mas o clube paulista só deve aceitar negociar o jogador após a assinatura do primeiro contrato profissional, permitidos quando um atleta de base completa 18 anos de idade.

O departamento de futebol de base do Tricolor diz que não tem nada a comentar sobre o caso, mas reconhece que está em andamento. O LANCE!, porém, apurou que a diretoria só deve aceitar liberar a promessa após a assinatura do vínculo profissional. Assim, uma multa seria estipulada e uma negociação mais complexa seria aberta com os ingleses.

Do outro lado está o empresário de Paulinho, como é conhecido o atacante. Luciano Couto espera o contrato profissional desde o ano passado, quando recebeu promessa do ex-presidente Carlos Miguel Aidar e chegou a tratar com o ex-diretor-executivo Gustavo Oliveira. Também em 2015, diz ter recebido oferta para levar o garoto para o Red Bull Salzburg, da Áustria.

Pela legislação brasileira, atletas de base não podem se transferir para outras equipes do país antes do primeiro vínculo oficial de trabalho, aos 18 anos. A ideia da regra é proteger os clubes contra assédios de rivais, mas não engloba agremiações estrangeiras. Dessa forma, não haveria nenhum impeditivo para que Paulinho já acertasse com o Watford.

Couto, porém, assegura que não tem como objetivo forçar a saída do São Paulo e se declara aberto a assinar o contrato profissional antes de concluir as negociações com os ingleses. Uma reunião estava prevista para esta quarta-feira no CFA Laudo Natel, em Cotia, para alinhar o caso com o gerente-executivo da base, Rodolfo Canavesi. O Tricolor mantém sua postura rígida.

Resta agora o contato com Marco Aurélio Cunha, que ficou com o cargo de diretor-executivo. Até mesmo o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva deve participar das próximas conversas. Paulo Henrique tem sido utilizado no Campeonato Paulista Sub-20, mas sem tanta frequência devido ao problema contratual. Em seu último jogo, ante o Guaratinguetá, fez dois gols.

Em 2014, ele foi vice-campeão paulista sub-16. Em 2015, foi artilheiro e melhor jogador da Al Kass, torneio internacional disputado no Qatar. O São Paulo venceu Paris Saint-Germain (FRA), Atlético de Madrid (ESP), Real Madrid (ESP) e Milan (ITA) até a semifinal, mas perdeu a decisão nos pênaltis para o PSG. Também no ano passado, Paulo Henrique foi campeão paulista sub-17.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos