Elizeu Capoeira se diz pronto para nocautear no UFC Portland

Se 2015 não foi o melhor dos anos para Elizeu Capoeira, agora ele tem pela frente a chance de tornar 2016 numa temporada muito boa. Neste sábado, dia 1º de outubro, em Portland, nos Estados Unidos, o atleta da equipe CM System enfrenta Keita Nakamura em busca da segunda vitória neste ano. O embate está agendado para o card preliminar do UFC Fight Night 96.

Após mandar Omari Akhmedov à lona, em abril deste ano, e faturar o bônus de performance da noite, se recuperarando do revés na estreia pela organização diante do dinamarquês Nicolas Dalby, ainda em 2015, Elizeu se prepara para o 21º combate no cartel, o terceiro pelo UFC. E pela frente ele terá um finalizador nato. Nakamura finalizou 17 oponentes ao longo da carreira que registra 32 triunfos. Para superar o jogo do adversário, a potência do jogo em pé do brasileiro.

- A maioria das grandes vitórias que tive na carreira foram por nocaute, esse é o meu estilo. Conquistei o cinturão do Jungle Fight (sobre Itamar Rosa, em 2014) com um nocaute em dois minutos, também tive a última vitória sobre o Akhmedov, então minha ideia é sempre mandar o adversário à lona. Será exatamente isso que farei nessa luta. Estou focado e muito bem preparado para nocautear - avisa o lutador natural de Francisco Beltrão, no Paraná.

No total, Elizeu já nocauteou 12 vezes em 15 triunfos na carreira. Porém, engana-se quem pensa que o lutador é unidimensional em seus ataques. Caso o embate seja direcionado para o grappling por parte de Nakamura, o brasileiro está pronto para surpreendê-lo.

- Meu oponente tem um bom judô, é um cara perigoso. Treinei muito com o Cristiano Marcello (treinador de jiu-jitsu da equipe) e Marcelo Zulu (wrestling) intensificando a parte estratégica no grappling, explorando o que tenho de melhor nos meus ataques e defesas e as falhas do Nakamura - encerrou.

Líder da CM System, Cristiano Marcello é pura confiança para o jogo agarrado de seu pupilo. Defendendo o time desde 2009, ano de inauguração da equipe, Elizeu evoluiu bastante em seu jogo de chão desde que passou a treinar na matriz da equipe, em Curitiba. O adversário da vez é finalizador, mas o fato não incomoda Cristiano.

- O Elizeu é um cara que treina muito, é bastante dedicado. Ele treina jiu-jitsu praticamente todos os dias, acompanho essa entrega dele e comprovo diariamente sua evolução. Ele tem um mata-leão muito forte, ajusta o golpe com perfeição, mas tem muitos outros ataques perigosos, como o triângulo de mão. Está com o wrestling muito afiado também, então está pronto para fazer uma grande luta - analisa o ex-lutador do UFC, Pride e integrante da 15ª temporada do reality show The Ultimate Fighter, o popular TUF.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos