Em jogo de sete gols, Barcelona tropeça e deixa escapar liderança

Atuando fora de casa, o Barcelona foi surpreendido pelo Celta Vigo, neste domingo, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Espanhol. Com Neymar e Soares em campo, os catalães foram derrotados por 4 a 3 e viram a chance de assumir a liderança da competição escapar por entre os dedos.

Foi a primeira vez que o Barcelona levou três gols no primeiro tempo desde 2007. Com o resultado, o Barça caiu para a quarta colocação, com 13 pontos. Atletico de Madrid é o líder, seguido por Real Madrid e Sevilla, com 15 e 14 pontos, respectivamente.

Na próxima rodada, no domingo, dia 16, o Barça recebe o Deportivo La Coruña. Já o Celta Vigo, que foi à décima colocação, enfrenta o Villarreal, no mesmo dia, mas fora de casa.

O JOGO

O Celta Vigo iniciou a rodada na 15ª colocação, mas a posição na tabela pouco importou para os comandados de Eduardo Berizzo. Com a marcação alta, o time de Vigo forçou o erro da equipe visitante. Pouco após a marca dos 20 minutos, Ter Stegen tentou passar para Busquets, mas o espanhol teve a bola roubada. Sisto, pelo flanco direito do campo, recebeu passe em profundidade e bateu cruzado na saída do goleiro alemão do Barcelona.

O Barça, que não conseguia chegar ao ataque, perdeu o controle do meio-campo e ofereceu a bola ao adversário. Aos 31, outro gol do Celta Vigo. Novamente com a marcação alta, a equipe da casa conseguiu recuperar a bola e definir com muita precisão, com Iago Aspas. Ainda, no lance seguinte, o zagueiro francês Mathieu fez contra e ampliou para o Celta Vigo.

Na volta do intervalo, Luis Henrique modificou o Barcelona. Rafinha, que iniciou na linha três atacantes, ao lado de Soares e Neymar, saiu para dar lugar a Iniesta, que viria a completar 600 jogos pelo Barça. A entrada do espanhol logo teve impacto. Aos 12 minutos, após cobrança de escanteio, o camisa 8 cruzou para a área, na cabeça de Piqué, que só teve o trabalho de mandar para o fundo do gol.

Com a modificação, a equipe catalã acertou a marcação no meio-campo e chegou com frequência ao ataque. Soares, mais participativo na etapa complementar, acabou caindo na área. O árbitro Inaki Garrido assinalou penalidade máxima e Neymar converteu para fazer o segundo do Barça.

Quando o Barcelona vivia o seu melhor momento, Ter Stegen, novamente, fez lambança. Pressionado por Pedro Hernandez, o goleiro alemão fez a pior escolha possível: chutou em cima do chileno. A bola acabou tomando a direção contrária e entrando no gol.

Ainda, houve tempo para Piqué marcar mais um e diminuir para o Barcelona, e para Neymar desperdiçar a última chance de empatar a partida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos