Árbitro admite equívoco ao expulsar Balotelli e cartão pode ser anulado

Grande nome da noite no estádio Allianz Riviera, Mario Balotelli fez o gol da vitória do Nice por 2 a 1 diante do Lorient, pela 8ª rodada do Campeonato Francês. No fim do confronto, entretanto, reviveu seus piores dias e foi expulso.

A expulsão ocorreu após o atacante italiano levar o segundo cartão amarelo, que surgiu depois de um desentendimento com Steven Moreira - o primeiro foi devido a ele ter tirado a camisa na comemoração do gol.

Após o duelo, o árbitro Olivier Thual "ficou convencido de que aplicou os cartões de forma precipitada", segundo informou o diretor técnico da Comissão de Arbitragem, Pascal Garibian, nesta segunda-feira.

- Olivier Thual viu o lance depois na televisão. Ele ficou convencido de que aplicou os cartões de forma precipitada, e que não deveria ter punido os jogadores. O árbitro está à disposição da Comissão de Disciplina para explicar esta situação. Depois, o caso será julgado - afirmou Garibian.

Com a confissão por parte do juiz, o Nice, atual líder do Francês, fica na expectativa de anular a expulsão e poder escalar Balotelli no próximo compromisso do time, que será contra o tradicional Lyon, no dia 14, pela 9ª rodada da competição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos