Palmeiras é multado por confusão entre torcedores e dirigentes do Fla

O Palmeiras foi julgado e punido pelo STJD na manhã desta segunda-feira. Por causa da confusão envolvendo torcedores do clube paulista e dirigentes do Flamengo, no confronto entre as duas equipes em 14 de setembro, no Allianz Parque, o tribunal multou o Verdão em R$ 50 mil em primeira instância, o que abre a possibilidade de recurso.

A confusão ocorreu porque a diretoria do Flamengo, incluindo o presidente Eduardo Bandeira de Mello, estava posicionada em um camarote logo acima do Gol Sul, setor lotado de palmeirenses. Naquele dia, como o Gol Norte estava fechado em função de outra punição aplicada pelo STJD, as organizadas alviverdes se posicionaram na parte sul do estádio.

Os flamenguistas relataram que foram hostilizados e que objetos foram atirados pelos palmeirenses. Os torcedores se defenderam dizendo que foram provocados. Há um vídeo circulando na internet em que Bandeira de Mello aparece gesticulando em direção a eles.

O Palmeiras foi enquadrado no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala em deixar de tomar providências capazes de prevenir ou reprimir desordens. A multa poderia chegar a R$ 100 mil e havia até o risco de perder mando de campo, como chegou a sugerir uma das auditoras nesta manhã. Os demais não concordaram.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos