Ter Stegen assume culpa após derrota do Barcelona; jornais espanhóis destacam erro crasso

Quando o Barcelona estava em reação e buscava um empate que parecia distante contra o Celta, o goleiro Ter Stegen cometeu um erro grave e "entregou" um gol para os rivais, que venceram no último domingo por 4 a 2, pela 7ª rodada do Campeonato Espanhol.

Mesmo amparado pelo técnico Luis Enrique, o goleiro alemão, bastante frustrado com a falha, foi a público assumir a culpa pelo revés.

- Todo mundo viu, foi minha culpa. Eu sinto muito, poderíamos ter vencido, mas foi minha culpa. Lutamos muito até o final. Na primeira etapa, não foi perfeita, mas a segunda foi muito melhor. E, se não fosse pela falha poderia ter vencido o jogo, a culpa é minha e eu sinto muito - disse o goleiro, após a partida.

Nesta segunda-feira, um dia após a derrota diante do Celta, os jornais espanhóis trataram o tropeço do Barcelona de diversas maneiras.

Na Catalunha, o erro de Stegen foi criticado e destacado pelo "Sport", que chamou de "presentes" as contribuições do alemão e do clube, de uma maneira geral, que perdeu a chance de assumir a liderança do Espanhol.

O "Mundo Deportivo", por sua vez, chamou a atenção para o fraco retrospecto recente dos blaugranas diante do Celta, principalmente no estádio de Balaídos, que virou "Malaídos" na manchete.

Em Madri, o jornal "As" destacou o "alívio" que a derrota do Barcelona trouxe ao Real Madrid e Atlético de Madrid - o primeiro empatou em casa e o segundo terminou a rodada como líder da Liga.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos