Valdivia espera retribuir confiança do técnico do Chile: 'Temos que ganhar'

De volta à seleção chilena, o meia Valdivia desembarcou na noite deste domingo em Guayaquil para iniciar a preparação para o jogo contra o Equador, na quinta-feira, pelas Eliminatórias para Copa do Mundo de 2018. O jogador afirmou estar motivado por retornar à Roja e deseja contribuir a confiança depositada pelo técnico Juan Pizzi.

- Espero conhecer o corpo técnico e começar a pensar na partida. Quem me conhece sabe que estou feliz de estar aqui. Para chegar à Copa do Mundo, temos que começar a ganhar os nossos jogos - disse o jogador do Al Wahda, ao jornal "La Tercera".

Valdivia estava fora da seleção chilena desde novembro do ano passado, quando foi convocado pela última vez. Na ocasião, a equipe perdeu por 3 a 0 par o Uruguai, também pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Durante o jogo, o meia foi expulso após o apito final por ter se irritado com a atuação do árbitro.

Para o jogo contra o Equador, o técnico Pizzi teve que cortar dois jogadores por conta de lesão. Neste domingo, a imprensa chilena anunciou que o atacante Mauricio Pinilla, com dores lombares, e o volante Francisco Silva, com problemas musculares, foram excluídos da lista. O treinador ainda não anunciou se substituirá os atletas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos