Americano é preso e deixa Serginho Moraes sem luta no UFC São Paulo

O americano invicto, Michael Graves enfrentaria o brasileiro Sergio Moraes no dia 19 de novembro, no UFC São Paulo, mas o atleta acabou retirado do evento, após ser preso por envolvimento em violência doméstica.

A prisão ocorreu no último sábado (1), em Atlanta (EUA), a sua fiança estipulada foi de cerca de R$ 17 mil. Vice-presidente de Relações Públicas do UFC, Dave Sholle emitiu um comunicado, publicado no site "MMA Fighting", confirmando a retirado do atleta do evento.

"O UFC está ciente de que Michael Graves foi preso no fim de semana por conta de um delito. A organização está levando esse assunto muito a sério e está em processo de coleta de informações. Por conta dessa pendência legal, Graves foi retirado do seu combate no dia 19 de novembro".

Ex-participante do TUF 21, Michael Graves está invicto no MMA e construiu um cartel com cinco vitórias e um empate, que aconteceu em sua última luta, em julho deste ano, diante de Bojan Velickovic.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos