Com respeito, Uruguai recebe a Venezuela para se manter na ponta

Líder das Eliminatórias para Copa do Mundo de 2018 com 16 pontos, o Uruguai encara nesta quinta-feira, em Montevidéu, a lanterna Venezuela, que soma apenas dois. O panorama para a Celeste seria de tranquilidade, diante do adversário que ainda não venceu nenhuma partida sequer em oito disputadas. Mas o discurso entre os ponteiros é de respeito.

Isso porque no último confronto entre as seleções, deu Venezuela. A Vinho Tinto bateu os uruguaios por 1 a 0, em uma das maiores zebras da Copa América Centenário, disputada em junho, nos Estados Unidos. Apesar da confiança na vitória, que manteria a Celeste na primeira colocação, independente de outros resultados, o técnico Óscar Tabárez adotou a cautela para falar do rival.

- Nosso encontro na Copa América Centenário mostrou que eles farão um jogo difícil, mas temos muita clareza do que isso significa. O objetivo é ganhar a partida e vamos tentar, com mentalidade, atitude, ter um bom desempenho para conseguir o que queremos - analisou o treinador, em entrevista coletiva.

Apesar do tropeço na Copa América, o cenário para esta partida é outro. A atmosfera do Estádio Centenário deve empurrar a Celeste para a sexta vitória nas eliminatórias e dar tranquilidade para o confronto diante da Colômbia, na próxima terça-feira, em Barranquilla.

- Sabemos que se ganharmos, nós vamos a 19 pontos e ficamos muito bem posicionados. Temos que encarar um jogo de cada vez e tratar de somar pontos - disse o volante Arévalo Ríos, ao programa "100% Deporte", da rádio "Sport 890".

O ex-jogador do Botafogo acredita que a partida contra a Venezuela será difícil 'como todos os outros'.

- Não queremos desviar o foco desta partida. Só depois de encarar a Venezuela é que poderemos pensar na Colômbia, que vai ser muito difícil - analisou.

Tabárez terá os desfalques do zagueiro Giménez, lesionado, e do volante Gastón Ramírez, suspenso. Por outro lado, contará com a volta do capitão Diego Godín, que estava com problemas físicos. A dupla de ataque, formada por Suárez e Cavani, também está confirmada. O atacante do PSG é o artilheiro das eliminatórias, com cinco gols.

VENEZUELA VEM COM FORÇA TOTAL

A seleção da Venezuela ainda não jogou a toalha em relação a uma vaga na próxima Copa do Mundo. Apesar de estar em situação desesperadora, com apenas dois pontos, o meia Guerra ainda confia na recuperação.

- A ideia é não baixar a cabeça, pois ainda temos chance. Fizemos uma grande Copa América e sabemos que temos que seguir mirando a classificação. Mas temos que começar a ganhar - disse o jogador, ao jornal "El Universal".

FICHA TÉCNICA

URUGUAI x VENEZUELA

Estádio: Estádio Centenário, Montevidéu (URU)

Data-hora: 6/10/2016, às 20h00 (de Brasília)

Árbitro: Raúl Orosco (BOL)

Auxiliares: Juan Montaño e José Antelo (BOL)

Uruguai: Muslera; Corujo, Coates, Godín e Gastón Silva; Arévalo Ríos, Carlos Sánchez, Cristian Rodríguez e Lodeiro; Cavani e Suárez. Técnico: Oscar Tabárez.

Venezuela: Hernández; Rosales, Vizcarrondo, Ángel, Feltscher; Añor, Rincón, Figuera e Guerra; Martínez e Rondón. Técnico: Rafael Dudamel.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos