Khabib ameça deixar o UFC, caso seja passado para trás novamente

Número 1 no ranking dos leves, Khabib Nurmagomedov chegou a assinar dois contratos diferentes para disputar o cinturão dos leves do UFC, mas viu o campeão dos penas Conor McGregor furar a fila e ser escalado para lutar pelo título contra Eddie Alvarez em 12 de novembro, em Nova York.

Como 'prêmio de consolação' o russo foi escalado para enfrentar Michael Johnson, também no card do UFC NY, mas se engana quem pensa que Nurmagomedov engoliu a decisão do UFC.

Em entrevista ao podcast "The Luke Thomas Show", a fera russa ameaçou deixar o UFC e prometeu mostrar o poder que tem diante do povo russo, caso seja passado para trás mais uma vez.

- Após minha luta, eu tenho que disputar o cinturão. Se a minha próxima luta não for pelo título, nunca mais luto no UFC. Nunca mais, porque eu mereço isso. Estou invicto, nunca perdi em oito anos e meio. Todo mundo sabe que eu mereço essa luta - disse o lutador emendando.

- O UFC pensa que Conor tem poder? Irlandeses são apenas 6 milhões. Eu sou da Rússia. 150 milhões de pessoas. Se o UFC não me der a chance pelo título após minha luta, vou mostrar como tenho poder na Rússia. Sei que se eu não lutar pelo cinturão, UFC, eles não irão nunca pisar na Rússia - concluiu.

Aos 28 anos, Nurmagomedov construiu um cartel perfeito com 23 vitórias. O peso-leve não compete desde de abril deste ano, quando derrotou Darren Horcher, em evento realizado na Flórida (EUA).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos