Apesar de desgaste, Santos deve ter força máxima diante do Benfica

Após acertar os últimos detalhes para a realização de amistoso com o Benfica, em comemoração ao centenário da Vila Belmiro e à despedida do lateral-esquerdo Léo, o Santos assinou um termo junto aos portugueses de que ambos deveriam mandar força máxima no próximo sábado, às 16h05.

Depois de se reunir com a diretoria alvinegra e cogitar poupar alguns de seus principais jogadores, o técnico Dorival Júnior admitiu que deve mandar força máxima a campo. Mesmo com a sequência de jogos e vendo com bons olhos descansar a equipe para o clássico com o São Paulo, o treinador deve poupar algum titular apenas em caso de desgaste acima da média.

- Conversei ontem (terça-feira) com a diretoria, até amanhã (quinta-feira) teremos uma definição total. Sequência de jogos é um complicador, alguns jogadores ressentem falta de recuperação melhor. Teria que ter tirado um ou outro jogador hoje (quarta), mas com a bola parada tive que segurar um pouco. Temos que repensar, porque precisamos de time bem postado contra o São Paulo. Porém temos compromisso que existe seriedade, primeiro vou consultar a diretoria, mas colocaremos a melhor equipe possível, à exceção de raras alterações. O mínimo de mudanças que seja - disse.

O "alento" para o Santos é o fato de que o lateral Léo e até o ex-meia Giovanni terão de jogar ao menos alguns minutos, algo que pode fazer com que Dorival tenha de tirar jogadores de campo. Mesmo assim, ainda não está definido quanto tempo a dupla irá atuar neste sábado, às 16h05.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos