Guardiola aponta Cruyff como o mais influente na história do futebol

Pep Guardiola considera um erro ser comparado a Johan Cruyff. Para o técnico do Manchester City, o holandês foi o homem mais influente na história do futebol, seja como jogador, seja como treinador.

Ídolo do Ajax e do Barcelona, Cruyff morreu neste ano, vítima de um câncer no pulmão. Nesta quinta-feira, o ex-jogador teve a biografia lançada em Londres, com a participação de Pep Guardiola.

- A influência de Cruyff foi enorme e incrível. Apenas tentamos seguir o que ele nos ensinou. Não é comparável a nenhum outro, independente de títulos e conquistas. Johan era especial. Não tinha outro cara assim - afirmou Guardiola, com o livro "Johan Cruyff: Minha Vez", ainda não lançado no Brasil.

O treinador dos Citizens também exaltou a inteligência do mestre para sugerir novas leituras do futebol e estabelecer paradigmas.

- Ele nos deu uma masterclass. Era como se fóssemos à universidade todos os dias. Cruyff criou algo do nada e passou a ganhar seguidores. Para implantar suas ideias é preciso carisma. Não somente conhecimento. Ele não mudou apenas um clube.

O ex-jogador Jordi Cruyff, filho do homenageado e hoje empresário, retribuiu as palavras de Pep Guardiola.

- Se meu pai assistisse futebol, provavelmente, seria um grande fã do Manchester City. Ele sempre gostou do futebol inglês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos