Protesto no CT do Corinthians tem 'Jim Carrey', coco, cachaça e rojões

Com faixas, gritos e boa dose de humor, 20 torcedores do Corinthians protestaram contra a diretoria e a má fase da equipe na tarde desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava. Membros da organizada Camisa 12 foram até o local e, por cerca de uma hora, enquanto o time treinava, gritaram palavras de ordem em frente ao portão de imprensa. Toda a manifestação foi pacífica.

Usando paletó, gravata e óculos de sol, um dos torcedores representava o vice-presidente do Timão, André Luiz de Oliveira, conhecido como André Negão. Ele segurava sacos com cifrões, garrafas de cachaça e cocos:

- Só quero sombra e água fresca - dizia o "ator".

Também chamou a atenção uma faixa com os seguintes dizeres: "Diretoria = Jim Carrey". A mensagem fazia alusão ao comediante norte-americano, que se destacou como protagonista nos filmes "O Máscara", "Debi & Lóide", "O Mentiroso", entre outros.

Os jogadores foram poupados das críticas, embora a organizada tenha cobrado raça e vontade. De onde eles estavam, não era possível ouvir os gritos, instrumentos de percussão e diversos rojões disparados.

Os principais alvos do protesto eram os dirigentes do clube, em especial André Negão, o presidente Roberto de Andrade e o diretor adjunto de futebol Eduardo Ferreira.

Nove policiais, em quatro viaturas, ficaram do lado de dentro do CT para evitar possíveis tentativas de invasão. A diretoria alvinegra foi informada da manifestação previamente e, por isso, pediu o reforço da segurança.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos