Dirigente diz que MLS receberia Schweinsteiger de braços abertos

Em situação delicada no Manchester United, Bastian Schweinsteiger seria recebido de "braços abertos" pela Major League Soccer, a liga dos Estados Unidos. Quem diz isso é Don Garber, um dos principais dirigentes da MLS, em entrevista ao jornal "Mirror".

- Claro que acompanhamos a situação de Bastian. Ele é um velho conhecido para nós dos Estados Unidos. Jogou contra nossa seleção na Copa do Mundo de 2014, além de participar de um jogo com o Bayern de Munique aqui em nosso país. Receberíamos Schweinsteiger de braços abertos. Seria um líder para muitos de nossos jogadores jovens - disse.

Schweinsteiger treina atualmente com o time sub-21 do United, já que o técnico José Mourinho descartou qualquer chance do meia atuar pela equipe principal. Ele foi especulado no FC Dallas e o presidente do clube, Dan Hunt, não poupou elogios ao alemão.

- Bastian é um jogador fantástico. Admiro ele e o sucesso de seu time. Não é coincidência, ele é um vencedor. Nesse momento só temos espaço para um jogador de fora, e gostaríamos de preenchê-lo com um atacante. Talvez mude. Vamos ver.

Ele também teve seu nome ligado ao New York Red Bulls, mas o diretor mundial da franquia, Oliver Mintzlaff, minimizou o fato, dizendo que não há negociações.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos