Mãe de Willian morre um dia após gol e homenagem na Seleção

A alegria por um gol pela Seleção Brasileira deu lugar à tristeza pelo luto. A mãe do meia Willian, do Chelsea, não resistiu à batalha contra o câncer e morreu nesta quarta-feira, em São Paulo.

Dona Zezé estava internada no Hospital Sìrio-Libanês e chegou a ser homenageada pelo filho logo após o jogo. Willian dedicou o segundo gol da vitória sobre a Venezuela à mãe, citando a batalha dela pela vida, mas nesta quarta recebeu a notícia do falecimento.

Willian já estava a caminho de Londres, mas nem chegou à capital inglesa. O jogador retornou ao Brasil após conexão no Canadá.

O meia da Seleção, além da citação na entrevista pós-gol, chegou a postar mensagens para a mãe nas redes sociais na última semana. Há cerca de um mês, ele também fez um longo desabafo no Instagram, ao postar uma foto dando um beijo em Dona Zezé no leito do hospital.

- Lá se vão dois anos e meio de muita luta, cirurgias na cabeça, sessões de quimio e internações não são fáceis (...). Acompanhar essa sua batalha de longe, não era o que eu queria e se eu pudesse ficaria vinte quatro horas ao seu lado lhe dando todo amor, carinho e força para você sair dessa, mas infelizmente a minha profissão não me permite - lamentou o jogador na ocasião.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos