'Desgaste do Vasco é grande, mas não é o maior problema da equipe'

Nenê e Rodrigo são apenas dois dos muitos jogadores acima dos 30 anos que defendem o Vasco. Se a experiência já liderou o Cruzmaltino a uma boa sequência no início da competição, essa mesma alta média de idade tem interferido no desempenho e na queda de rendimento da equipe nesta reta final de Série B. Para os especialistas do L!, a idade média do elenco é algo que o Vasco precisa se atentar para manter o ritmo forte, no entanto, há outros fatores com os quais o técnico Jorginho também deve se preocupar. Veja as análises abaixo:

ANDRÉ SCHMIDT - Blogueiro do LANCE!

É nítida a queda de rendimento do Vasco, principalmente dos jogadores mais velhos. Rodrigo e Nenê são exemplos claros disso. Mas é algo que deveria ter sido trabalhado pelo treinador desde o início do ano, fazendo um rodízio com estes atletas para dar mais descanso a eles e também rodagem aos mais novos. Só que não foi feito. Agora, os que estão jogando estão desgastados e quem entra, está sem ritmo.

Apesar disso, não acho que este seja o maior problema da equipe neste momento. Falta um padrão tático ao time, algo que existiu no Campeonato Carioca, mas que foi perdido durante a Série B. Com jovens ou experientes, Jorginho precisa dar uma nova cara ao time.

EDUARDO TIRONI - Colunista do LANCE!

Este é um ponto relevante para a campanha. A temporada está no fim e o desgaste é grande. Jorginho pode tentar mudar uma ou outra peça, dependendo do desgaste. Mas é natural uma queda no fim. O Palmeiras, líder da Série A, também está caindo de produção.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos