Peter Siemsen recua sobre pedido de anulação do Fla-Flu: 'Estamos avaliando a validade'

O Fluminense ainda não tem certeza se pedirá a anulação do clássico contra o Flamengo, realizado na quinta-feira, em Volta Redonda, e vencido pelo rival por 2 a 1. O presidente Peter Siemsen, que afirmou após o polêmico Fla-Flu que recorreria à Justiça Desportiva para o resultado do jogo ser considerado ilegal, declarou nesta sexta-feira que o Clube das Laranjeiras ainda recolhe imagens e depoimentos e estuda os próximos passos no âmbito jurídico.

Uma certeza é a de que o Fluminense agirá com rigor contra o árbitro Sandro Meira Ricci (Fifa/SC), que apitou o clássico contra o Flamengo, marcado pelo gol anulado de Henrique no fim da etapa final, que gerou toda a polêmica.

Estamos coletando imagens, comentários e analisando as medidas que podemos tomar. Certamente contra o juiz vamos atuar com rigor. Sobre a partida, estamos avaliando se cabe algum tipo de medida para discutir sua validade. Houve a influência externa irregular, e o comportamento do juiz desestabilizou o Fluminense. Assisti ao jogo com meu filho de dez anos era impossível explicar o que aconteceu - declarou o presidente Peter Siemsen.

Confira outros trechos da coletiva de Peter Siemsen nesta sexta:

- O tempo de parada, com o tempo de acréscimo, não teve acréscimo nenhum. Na súmula o sujeito diz que não houve nada de anormal no jogo. Pra quem foi normal? Só pra ele. Só no mundo dele. E ainda escreve que ficou parado dez minutos. Não sabe nem contar. Foram 13 minutos. Foram cenas lamentáveis. Ele destruiu a imagem de um bom jogo, bem jogado, jogo forte.

- Um fato desse só corrobora uma posição firme que o Fluminense tem em relação à arbitragem. E logo com o presidente que há dois anos pede árbitro de vídeo. Eu digo que isso vai facilitar ao futebol bem jogado, e não o que aconteceu ontem (quinta). Peço que árbitro dê entrevista. Impossível que o árbitro não fale. Só ele poderia explicar a pausa de 13 minutos.

- Vi que todos são quase unânimes em dizer que houve interferência externa. Lance de impedimento é complicado. Árbitro volta atrás. Eu nunca vi isso, e mostra incompetência. Se sou o responsável, ele está definitivamente fora dos quadros. Não tem condição mais. Maior lambança que já vi no futebol brasileiro. Hoje estou apenas lamentando o que eu vi.

- Ele tirou o direito de o Fluminense conseguir o empate nos últimos dez minutos de jogo. Ele é o responsável. O que nós estamos estudando profundamente é a legislação e suas penalidades para formarmos um juízo claro. Prazo é até segunda, aí teremos uma posição clara do que fazer.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos