City para em goleiro, empata em casa e vê Arsenal na cola do Inglês

O Manchester City tropeçou na oitava rodada do Campeonato Inglês. Jogando no Etihad Stadium, a equipe do técnico Pep Guardiola ficou apenas no 1 a 1 com o Everton. Destaque para o goleiro Stekelenburg, que fez lindas defesas e pegou os pênaltis cobrados por De Bruyne e Agüero. Para piorar, o Arsenal venceu o Swansea, por 3 a 2, e agora divide a liderança com os Citizens.

City e Arsenal têm 19 pontos, contra 18 do Tottenham, que apenas empatou em 1 a 1 com o West Bromwich, fora de casa, e poderia ter assumido a liderança isolada da Premier League em caso de vitória.

Guardiola adotou um esquema diferente. Três zagueiros, com Clichy fechando pela esquerda, e David Silva e Sané abertos pelas pontas, como alas. No ataque, Iheanacho no lugar de Agüero, poupando o argentino para o duelo contra o Barcelona pela Liga dos Campeões.

A formação, contudo, não surtiu tanto efeito. Apesar de manter a posse de bola, como é de praxe, o Manchester City teve problemas para vencer a defesa do Everton. A equipe pressionou o tempo todo, manteve-se no campo de ataque, mas não conseguiu marcar. A pressão só surtiu efeito no fim do primeiro tempo, quando Jagielka derrubou David Silva. Mas De Bruyne cobrou à meia altura e Stekelenburg pegou.

O Everton voltou do intervalo assustando Bravo, após chute forte de Deulofeu. Mas o City retomou o controle do jogo e viu Stekelenburg fazer linda defesa em finalização de Iheanacho.

Guardiola, então, lançou Agüero no lugar do jovem nigeriano. Mas quem acabou marcando foi o artilheiro do Everton. Após chutão, Bolasie desviou a bola, que caiu nos pés de Lukaku. O atacante belga arrancou em velocidade, levou a melhor sobre Clichy e finalizou na saída de Bravo.

Mais uma vez, o City teve a chance de marcar em uma cobrança de pênalti. Stekelenburg voltou a defender, desta vez em batida de Agüero. Guardiola, novamente, mudou a equipe e colocou Nolito no lugar de Sané. Desta vez, a estrela do técnico brilhou. O atacante espanhol, em seu primeiro lance, aproveitou cruzamento do compatriota David Silva e deixou tudo igual.

O City foi com tudo para o ataque. Mas parou mais uma vez em Stekelenburg, que fez excelente partida. De Bruyne chegou a acertar a trave do goleiro do Everton.

ARSENAL VENCE E SE IGUALA AO CITY

O Arsenal teve problemas para vencer, no Emirates, o Swansea neste sábado. A equipe contou com dois gols de Walcott para fazer 3 a 2 nos galeses.

A vitória do Arsenal começou a ser construída ainda no primeiro tempo. O atacante Walcott marcou duas vezes, aos 26 e 33, e deixou os Gunners com boa vantagem. Mas Sigurdsson diminuiu ainda na etapa inicial.

Özil deu mais tranquilidade aos londrinos e marcou o terceiro no segundo tempo. Não demorou muito para Baston diminuir o marcador. O Arsenal ainda perdeu Xhaka, expulso, e atuou os últimos 25 minutos com um a menos. Mas conseguiu suportar a pressão do Swansea e saiu vencedor.

TOTTENHAM PERDE A CHANCE DE LIDERAR

O Tottenham não aproveitou o tropeço do líder Manchester City. Fora de casa, a equipe londrina ficou no empate em 1 a 1 com o West Bromwich.

A situação poderia ter sido pior para os Spurs, uma vez que Dele Alli empatou a partida aos 44 do segundo tempo. Antes, Chadli, que deixou o Tottenham nesta temporada, havia aberto o placar para o West Bromwich.

OUTROS JOGOS

Stoke City 2 x 0 Sunderland

Bournemouth 6 x 1 Hull City

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos