Em jogo com pênalti perdido por Ábila, Cruzeiro empata com Chape

O Cruzeiro não saiu de um empate sem gols na tarde deste domingo (16), diante da Chapecoense, no Mineirão, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O empate em 0 a 0 contou com um pênalti perdido por Ramón Ábila no segundo tempo e acarretou em vaias da torcida ao término do confronto.

Com o resultado, os mineiros chegam a 38 pontos, quatro a mais que o Sport, que enfrenta o Vitória às 19h30 (de Brasília) deste domingo (16). A Chape, por outro lado, ocupa a 11ª posição, com 42, e fica a seis do Botafogo, último colocado do G-6.

O mandante foi quem começou melhor em campo. As boas jogadas dos homens de frente, contudo, não surtiram efeito. Lucas acertou a trave direita de Danilo em finalização da intermediária. Ramón Ábila, Henrique e Rafinha tiveram boas oportunidades de marcar, mas pararam nas defesas do goleiro adversário.

A Chape saiu em lances de contragolpe, o que acarretou em finalizações da intermediária e lances de bola parada. Cleber Santana foi o principal nome do time comandado por Caio Júnior. O meia-atacante criou o lance que acarretou em finalização de longa distância do centroavante Kempes e tentou um gol olímpico. Em ambas as jogadas, o visitante não obteve êxito.

O jogo manteve o ritmo na volta do intervalo. O Cruzeiro seguiu buscando o gol. Não é à toa que Ramón Ábila teve boa chance de marcar em cobrança de pênalti. No entanto, o goleiro Danilo evitou o gol com os pés. O Cruzeiro seguiu atacando, mas encontrou dificuldades no setor de criação.

A Chapecoense, por outro lado, foi paralisada pelo bom momento defensivo da equipe mandante. Os comandados de Caio Júnior tiveram chances com Hyoran e Cléber Santana, mas a dupla cometeu erros e não balançou a rede.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO X CHAPECOENSE

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data-hora: 15/10/2016 (domingo) - às 17h (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP/Fifa)

Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Herman Brumel Vani (SP)

Cartão amarelo: Lucas Romero (Cruzeiro); Cléber Santa (Chapecoense)

CRUZEIRO: Rafael; Lucas, Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique (Ariel Cabral - Intervalo), Lucas Romero, Robinho e Rafinha (Alisson - 29'/2ºT); Rafael Sobis (Willian - 20'/2ºT) e Ramón Ábila. Técnico: Mano Menezes.

CHAPECOENSE: Danilo; Gimenez, Thiego, Neto e Dener Assunção (Gil - 30'/2ºT); Sérgio Manoel, Matheus Biteco, Cléber Santana e Alan Ruschel (Hyoran - 18'/2ºT); Ananias e Kempes (Bruno Rangel - 18'/2ºT). Técnico: Caio Júnior.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos