Presidente do Atlético-MG queixa-se de árbitro em revés contra o Botafogo

Os jogadores do Cruzeiro deixaram o Mineirão, na tarde deste domingo (16), chateados com o resultado. Léo e Alisson apontaram os erros de finalização como preponderantes para o empate diante da Chapecoense.

A Raposa chutou 18 vezes a gol, enquanto o visitante arriscou em sete oportunidades. As chances desperdiçadas foram suficientes para a equipe deixar o principal palco do futebol mineiro chateados

- Tem que dia que o gol não sai. Esse foi o dia. Criamos muito, tivemos várias chances, várias bolas na trave. Mas não saiu o gol. Não apaga a situação do que fizemos hoje, mas a vitória seria muito importante para a gente - afirmou.

O meia-atacante não foi o único a se lamentar pelo futebol apresentado pelo setor ofensivo. O zagueiro Léo também demonstrou chateação com o fato:

- Não, acredito que não. A bola não entrou, a gente continuou criando, tivemos várias oportunidades, acho que foram três bolas na trave, mas são aqueles dias que a bola não entra. O time não abateu, estava firme em busca do objetivo de fazer gol. Poder explorar isso no jogo foi bom, mas que no próximo jogo, a gente possa fazer um bom jogo - comentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos