Vitória desperdiça dois pênaltis, perde para o Sport e volta para o Z4

No duelo de rubro-negros nordestinos da Série A, o Sport, de Recife, que jogou em casa, na Ilha do Retiro, levou a melhor. Com gol de Diego Souza, logo aos cinco minutos, o Leão da Ilha venceu o Leão da Barra por 1 a 0.

O Sport, que estreava treinador novo, Daniel Paulista, substituindo Oswaldo de Oliveira, que foi para o Corinthians, ainda contou com a sorte: Kieza e Zé Love desperdiçaram pênaltis para o Vitória. O primeiro parou na trave, enquanto a cobrança do segundo parou nas mãos do goleiro Magrão.

Com o resultado, o Sport pulou para a 13° colocação, com 37 pontos. Já o Vitória entrou na zona de rebaixamento. É o 17°, com 35 pontos. Na próxima rodada, o Vitória recebe o Cruzeiro, enquanto o Sport visita o líder Palmeiras.

O jogo

Empurrada por sua torcida, que compareceu em peso à Ilha do Retiro, o Sport foi para cima do Vitória desde o primeiro minuto. E não demorou para a "blitz" dos pernambucanos surtir efeito. Logo aos cinco minutos, Diego Souza(sempre ele!), recebe una direita, foi em direção de dois marcadores, os deixando para trás. Invadiu a área e bateu sem chances para o goleiro Fernando Miguel. Lindo gol. O 11° do camisa 87, agora artilheiro do Brasileirão junto com Gabriel Jesus, Robinho e Sassá.

O Vitória não sentiu o gol. Pelo contrário. Ignorou o resultado adverso e a pressão da torcida, e foi para cima. Cinco minutos após o gol sofrido, a oportunidade de redenção: Tiago Real cobrou escanteio, Marcelo desviou de cabeça e Matheus Ferraz colocou a mão na bola. Pênalti. Na cobrança, Zé Love escolheu o canto direito de Magrão, mas o goleiro levou a melhor e defendeu.

Logo em seguida, outro pênalti para o Vitória, este mais polêmico. Não pela falta, pois, de fato, houve, mas sim pela demora na marcação. Kieza bateu de voleio e Magrão fez bela defesa, espalmando para fora. No rebote, Matheus Ferraz derrubou Cárdenas, mas a penalidade só foi assinalada mais de 1 minuto depois. Inicialmente, o juiz Andre Luiz de Freitas Castro deu escanteio. Na cobrança, Kieza carimbou a trave.

Passado os sustos iniciais, o Sport voltou a mandar na partida. Ronaldo Alves, Rodney Wallace e Rogério tiveram as melhores oportunidades. No segundo tempo, um pouco mais de equilíbrio: Apodi, Rithely e Vinicius Araujo foram os autores das melhores oportunidades. Marcelo, por muito pouco, não empatou. Ele recebeu da entrada da área e arriscou. Magrão bateu roupa, mas a bola foi para fora. O próprio Marcelo foi expulso aos 38 do segundo tempo, dando um basta na tentativa de reação do Vitória.

FICHA TÉCNICA

SPORT 1 X 0 VITÓRIA

Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife(PE)

Data-Hora: 16/10/2016 - 19h30 (horário de Brasília)

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro(GO)

Auxiliares: Christian Passos Sorence(GO) e Marcio Soares Maciel(GO)

Público: 24.138 presentes.

Cartões amarelos: Matheus Ferraz(SPO); Kanu, Amaral Marcelo e Zé Love(VIT)

Cartões vermelhos: Marcelo(VIT)

Gols: Diego Souza (SPO)- (5'/1ºT) (1-0),

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Paulo Roberto, Rithely, Diego Souza; Éverton Felipe(Apodi, 18/2°T), Rodney Wallace(Neto Moura, 35/ 2°T) e Rogério(Vinicius Araújo, 28/2°T). Técnico: Daniel Paulista.

VITÓRIA: Fernando Miguel; Diogo Mateus, Kanu, Ramon e Euller; Amaral, Cárdenas, Marcelo e Tiago Real(Vander, 17/2°T); Kieza e Zé Love(Alípio-Int). Técnico: Argel Fucks.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos