Ricardo Gomes admite pressão, mas diz: 'Foi só o início da recuperação'

A vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense deu um respiro de quatro ponto da zona de rebaixamento ao São Paulo, mas para o técnico Ricardo Gomes isso é apenas o início de uma postura que ele quer ver repetida já a partir da próxima rodada.

- Foi muito boa a vitória. Foi apenas o início da recuperação. Agora no sábado, com mais moral, vamos tentar repetir o que fizemos de bom. Isso é o que temos de buscar - declarou.

Embora não queira supervalorizar a importante vitória desta segunda-feira, Ricardo viu seu time concretizar lances que não vinham acontecendo nas partidas anteriores:

- Hoje no segundo tempo todos viram um São Paulo diferente, mais coeso, com toque de bola e com inspiração, o que faltou nos últimos quatro jogos em que não vencemos. A verdade é que nós passamos por um período ruim. Você pega os números do jogo contra o Santos e não entende porque não marcamos. Hoje, com bons números novamente, conseguimos desencantar - explicou.

Apesar de negar que o ambiente seja ruim e qualquer falta de apoio dentro do clube, ele admitiu que a pressão aumenta quando as vitórias não são alcançadas e que dependendo do resultado desta segunda-feira, seu futuro poderia estar em xeque.

- O treinador, quando não tem resultados positivos, está pressionado. A gente conversou bastante. O ambiente é bom, eu conheço a casa. Mas não adianta o ambiente ser bom se você não ganha jogos. O número de jogos sem vitória estava sufocando a todos. Todos conhecem a cultura do futebol brasileiro. Não mudou nada desde o dia que cheguei, o apoio continua o mesmo. Uma derrota hoje provocaria uma situação diferente - finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos