Após reunião com Dana, Aldo segue aposentado e descarta processar UFC

Campeão interino dos penas, José Aldo se encontrou com membros do UFC, na última quarta-feira (19), em Las Vegas (EUA), para definir o seu futuro na organização americana.

Apesar de ter deixado o escritório sorridente, o manauara seguiu firme com sua ideia de aposentadoria. Em entrevista a ESPN após a reunião, José Aldo deu alguns detalhes do que foi conversado com o presidente do UFC, Dana White.

- Foi uma ótima conversa, já tinha algo em mente. Só tenho agradecer ao UFC, Dana White e Sean Shelby. Não vim só pelo cancelamento. Tínhamos coisas para falar. Vou seguir o meu caminho e o UFC o dele. E assim o futuro vai dizer. Vim com a ideia desde o Brasil, já sei o que quero seguir. Estou como vim, com a ideia de não lutar mais - disse Aldo.

Apesar de dificilmente ser liberado do seu contrato, José Aldo garantiu que não pretende acionar o UFC na justiça.

- Não tenho porque entrar na Justiça, sou homem. Eu quis vir do Brasil para ter essa conversa, foi ideia minha, Tivemos a primeira conversa, foi muito boa - disse Aldo, misterioso.

Aos 30 anos, Aldo construiu um cartel de 26 vitórias e apenas duas derrotas. Em sua última aparição no octógono, em julho passado, o atleta derrotou Frankie Edgar por pontos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos